# Cientistas conseguem reverter envelhecimento de células humanas | Green FM
quinta-feira , 15 novembro 2018
Home /
Cientistas conseguem reverter envelhecimento de células humanas
imagem divulgação

Cientistas conseguem reverter envelhecimento de células humanas

Os principais aspectos do envelhecimento das células humanas podem ser revertidos por novos compostos desenvolvidos na Universidade de Exeter, na Inglaterra, de acordo com um novo estudo de laboratório de células endoteliais – que revestem o interior dos vasos sanguíneos.

Os pesquisadores testaram compostos projetados para atingir as mitocôndrias (as “estações de energia” das células) e reduziram em até 50% o número de células senescentes, que são aquelas mais velhas e que se deterioraram e pararam de se dividir.

A equipe de Exeter também identificou dois fatores de splicing (um componente das células) que desempenham um papel fundamental em quando e como as células endoteliais se tornam senescentes. Os resultados levantam a possibilidade de tratamentos futuros não apenas para os vasos sanguíneos – que se tornam mais duros à medida que envelhecem, aumentando o risco de problemas, incluindo ataques cardíacos e derrames – mas também para outras células.

“À medida que os corpos humanos envelhecem, eles acumulam células velhas (senescentes) que não funcionam tão bem quanto as células jovens”, disse a professora Lorna Harries. Ela explicou que os compostos desenvolvidos têm o potencial de ajustar os mecanismos pelos quais esse envelhecimento das células acontece. “Nós costumávamos pensar que as doenças relacionadas ao envelhecimento, como câncer, demência e diabetes, tinham uma causa única, mas, na verdade, elas remontam a um ou dois mecanismos comuns. Esta pesquisa enfoca um desses mecanismos, e as descobertas com nossos compostos abrem caminho para novas abordagens terapêuticas”, explicou Harries

Esse experimento de Exeter deverá servir de base para uma nova geração de drogas antidegenerativas, ajudando as pessoas a se manterem saudáveis ​​por mais tempo. De acordo com Harries, a pesquisa tem o objetivo de oferecer a extensão da saúde e a qualidade de vida, em vez de apenas prolongar a vida útil dos humanos.

Via Exeter.Ac.Uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top