# Brasil está em 4º lugar no ranking de países que mais cobram tributos nas contas de luz | Green FM
terça-feira , 26 março 2019
Home /
Brasil está em 4º lugar no ranking de países que mais cobram tributos nas contas de luz
imagem divulgação

Brasil está em 4º lugar no ranking de países que mais cobram tributos nas contas de luz

De acordo com estudo lançado neste mês pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), o Brasil está em quarto lugar no ranking de 33 países que cobram mais impostos nas contas de luz dos consumidores residenciais, ficando atrás apenas da Dinamarca, Alemanha e Portugal.

O levantamento considerou os valores tarifários de 2017 e apontou que, do valor total que os dinamarqueses pagam pelas contas de luz, 64% correspondem a tributos. Já na Alemanha, o percentual é de 55%; em Portugal, 52%; e, no Brasil, são 41% de tributos. Os países com menores cargas tributárias são Reino Unido, com 5%, e Japão e Austrália, ambos com 9%.

Para Walfrido Avila, presidente da Tradener, primeira comercializadora de energia no Brasil, no mercado livre, os consumidores residenciais teriam uma diminuição de, em média, 20% nas contas de luz e não estariam sujeitos às altas tarifas que são cobradas atualmente. “Por isso a Tradener defende abertura imediata do mercado livre a todos. O ambiente livre provou que os consumidores já economizaram mais de R$ 83 bilhões, de 2003 a 2017, segundo a Abraceel”, afirma Walfrido.

Hoje, consumidores com carga inferior a 500 KW estão no chamado mercado cativo e não podem negociar a energia no mercado livre, sendo dependentes da distribuidora a qual estão conectados. Esse é o caso de residências e pequenos comércios e indústrias. Apenas os consumidores com carga superior a 500 KW podem negociar e comprar energia no mercado livre.

Via AI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top