# Microchip sob a pele substitui chaves e carteira | Green FM
quarta-feira , 23 maio 2018
Home /
Microchip sob a pele substitui chaves e carteira
Creative Commons

Microchip sob a pele substitui chaves e carteira

Carregar a carteira antes de sair de casa é sempre uma de nossas grandes preocupações, porque nela levamos dinheiro, cartões de crédito, bilhetes do transporte público, entre outros trecos do nosso dia a dia.

Por conta desse inconveniente, muita gente já vem substituindo a carteira por aplicativos de smartphones. Mas essa onda já pode estar ultrapassada. Pelo menos na Suécia, onde há um grande movimento de pessoas que buscam uma versão 2.0 de si mesmas e implantam um microchip sob a pele possibilitando o carregamento de todas as suas informações, como o número do cartão de crédito, entradas de cinema e as chaves de casa e do carro.

De acordo dados da Associated French Press, reproduzidos recentemente pelo Yahoo.Com, cerca de 3 mil suecos já se submeteram a procedimento cirúrgicos em suas mãos, que é semelhante ao implante de chips feitos por veterinários em animais de estimação para que o dono consiga localizá-los via GPS em caso de fuga.

O chip funciona essencialmente como um chaveiro digital que tem uma comunicação de campo aproximado, ou seja, envia dados somente quando a pessoa está a uma distância de 4 centímetros de uma máquina de crédito, catraca ou porta com fechadura digitalizada. Essa é uma maneira de transmitir informações sem fio de um chip passivo para um leitor e evitar fraudes.

No entanto, o Futurism.Com alerta que corpos equipados com microchips não são necessariamente uma boa notícia. É que esses dispositivos sob a pele também fornecem uma boa quantidade de controle sobre o cidadão, rastreando onde ele está, quanto tempo leva para o almoço ou quantas vezes vai ao banheiro, por exemplo. E como a maioria dos chips é oferecida através de grandes empresas, é só uma questão de tempo até que isso vire uma tremenda dor de cabeça.

Os suecos sabem desse perigo cibernético, mas o implante de chips parece ser uma realidade bem-vinda por lá, já que há um número cada vez maior de pessoas que preferem a conveniência a preocupações com possíveis violações de dados pessoais.

Via Futurism/Yahoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top