segunda-feira , 20 novembro 2017
Open Popup
NOVIDADES GREEN
Home / Notícias / Especialistas discutem perda de abelhas no Brasil
Especialistas discutem perda de abelhas no Brasil
imagem divulgação

Especialistas discutem perda de abelhas no Brasil

Começou esta semana em Teresina (PI) o Simpósio sobre Perdas de Abelhas no Brasil, promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com o apoio do Ministério do Meio Ambiente (MMA). O evento reúne cientistas brasileiros, norte-americanos, franceses e australianos. Segue até o dia 18 e está sendo transmitido ao vivo no canal da Embrapa no Youtube.

O Simpósio sobre Perda de Abelhas no Brasil tem o objetivo de discutir as principais causas de perdas de enxames de abelhas no Brasil, suas consequências, estratégias e direcionamentos de pesquisa para mitigar as perdas das colônias e os efeitos causados com o declínio de polinizadores. Serão 22 palestras sobre o tema.

A analista ambiental do MMA Ceres Belchior apresentou a primeira palestra, nesta segunda-feira (16/10), sobre os resultados e desdobramentos do projeto GEF Polinizadores do Brasil. O projeto teve início em 2010 e terminou em 2015 e formou uma rede de pesquisa, geração e disseminação de conhecimento, e a revisão de políticas públicas.

O GEF Polinizadores do Brasil apoiou a produção de estudos e cursos de treinamento sobre a polinização de sete culturas agrícolas: algodão, caju, canola, castanha-do-brasil, maçã, melão e tomate. Participaram cerca de 80 pesquisadores, 20 técnicos, 150 bolsistas e 60 colaboradores, de 40 instituições de pesquisa em 17 estados brasileiros. Esses esforços renderam, ao todo, mais de 60 publicações.

De modo geral, os estudos mostraram que uma maior presença de polinizadores nas áreas amostradas melhora e aumenta a produtividade das culturas, em termos de peso, número de frutos e sementes, e qualidade dos frutos. Mais de 200 pessoas, incluindo agricultores e técnicos agrícolas, receberam capacitações sobre boas práticas para a conservação dos polinizadores.

“É importante ter uma visão integrada para poder atuar na mudança das práticas adotadas atualmente. Embora tenhamos linhas de crédito para programas de práticas sustentáveis, temos uma baixa execução desses programas”, afirmou Ceres Belchior. A conservação das abelhas é de extrema importância para a preservação ambiental e da biodiversidade, garantia de produção de alimento e geração de renda para apicultores e meliponicultores.

O desaparecimento das abelhas vem preocupando especialistas, organizações governamentais e não governamentais em todo o mundo. Problemas com perda de enxames têm sido relatados por produtores em todo o país pelas causas mais diversas, como ataque de inimigos naturais, uso indiscriminado de agrotóxicos, desmatamento e fragmentação de matas e florestas, sendo muitos desses fatores diretamente associados às mudanças climáticas.

Saiba mais em Embrapa.Br/YouTube

Via MMA

Comentários
Scroll To Top
Shares