quarta-feira , 13 dezembro 2017
NOVIDADES GREEN
Home / Notícias / Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios. Como evitar a degradação do meio ambiente?
Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios. Como evitar a degradação do meio ambiente?
imagem divulgação

Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios. Como evitar a degradação do meio ambiente?

Lixo boiando e animais morrendo. Essa é a realidade de oceanos, lagos e rios poluídos, impedindo o ser humano de utilizar e consumir a água. Para mudar este cenário e conscientizar as pessoas sobre a importância de preservamos nossos recursos hídricos, anualmente, no terceiro sábado de setembro, é realizado o Dia Mundial pela Limpeza das Praias e Rios.

Para combater a poluição das águas, é preciso intensificar as campanhas de conscientização ambiental, promover medidas de controle e fiscalização, além de se realizar o correto tratamento e descarte dos esgotos.

Segundo o engenheiro Fernando Pereira, diretor comercial da General Water, concessionária particular de água e efluentes, o tratamento do esgoto, além de reduzir a poluição dos rios, pode proporcionar o reaproveitamento dos efluentes, como água de reuso. O reúso da água é a alternativa mais sustentável, para garantir os recursos hídricos para as gerações futuras. “Mas no Brasil, mais da metade do esgoto não é tratado e menos de 3% é reaproveitado. Em Israel, esse número chega a mais de 80%, deixando o país em primeiro lugar no ranking de reúso do recurso”, explica.

Um grande desafio para nós. No Brasil, essa mudança de mentalidade já pode ser observada dentro da iniciativa privada. As indústrias, os shopping centers e os grandes centros corporativos já fazem o reúso, transformando o esgoto gerado em água de reúso para fins não potáveis (vasos sanitários, processos industriais e irrigação, dentre outros usos).

“É muito importante que o poder público acompanhe a evolução do gerenciamento de recursos hídricos, promovendo a prática do reúso de água através de incentivos à iniciativa privada, da criação de legislação específica e do investimento em grandes projetos de reúso para abastecimento público”, afirma Fernando.

Via AI

Comentários
Scroll To Top