# Áreas protegidas apoiadas pela SOS Mata Atlântica aderem à campanha Um Dia no Parque | Green FM
quarta-feira , 15 agosto 2018
Home /
Áreas protegidas apoiadas pela SOS Mata Atlântica aderem à campanha Um Dia no Parque
Imagem Acervo INEA

Áreas protegidas apoiadas pela SOS Mata Atlântica aderem à campanha Um Dia no Parque

Como integrante da Coalizão Pró-Unidades de Conservação, a Fundação SOS Mata Atlântia apoia a campanha Um Dia no Parque, que acontece neste domingo (22) em mais de 30 Unidades de Conservação (UCs) brasileiras, sendo 15 parques nacionais. Inspirada pela National Park Week, dos Estados Unidos – quando americanos se dirigem aos parques para acampar, fazer trilhas, observar pássaros, estrelas e aproveitar os parques nacionais – a campanha Um Dia no Parque tem o objetivo de mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma Unidade de Conservação (UC), e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.

O Brasil é o país com a maior biodiversidade do planeta, e cerca de 2.500 Unidades de Conservação (UCs) ajudam a proteger este patrimônio. Porém, com exceção de parques mais conhecidos, como os Parques Nacionais da Tijuca, Iguaçu, Chapada Diamantina, Chapada dos Guimarães e Fernando de Noronha, a maior parte é pouco frequentada pela população. A campanha Um Dia no Parque quer mudar esta realidade e levar os brasileiros para os parques nacionais no próximo domingo.

Algumas áreas protegidas que contam com fundos da SOS Mata Atlântica para apoio à gestão, implementação do plano de manejo e conselhos, participam da campanha. São elas: Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (AL), os parques nacionais da Serra da Bodoquena (MS), da Tijuca (RJ) – o mais visitado do país – e do Itatiaia (RJ), além da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo (SC).

O Parque Nacional da Tijuca, por exemplo, vai participar da ação com as já bem frequentadas trilhas e mirantes, além das cachoeiras, onde os visitantes podem tomar banhos refrescantes. Já na Serra da Bodoquena, em Bonito (MS), apesar de ainda não estar aberto à visitação, a UC vai levar dez visitantes a uma incursão ao rio Salobra e à gruta Dente de Cão, acompanhados por alunos da UFGD e do Programa Sentinelas da Serra.

Além disso, alguns projetos apoiados pela ONG dentro de UCs também aderiram à campanha. Na Floresta Nacional de Ipanema (SP), os familiares dos funcionários foram convidados a visitar a Unidade com isenção da taxa de visitação – de forma a estimular a visita. No Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, o projeto Avifauna de Fernando de Noronha realizará uma observação de aves na trilha do Sancho, que leva a uma das mais belas praias do local.

“Queremos mostrar que o meio ambiente está mais perto do que as pessoas imaginam. Você não precisa viajar ao outro extremo do país para apreciar a natureza. Valorizar parques e reservas é reconhecer a importância das áreas verdes protegidas para nossas vidas”, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

Uma pesquisa realizada em 2014 pelo WWF-Brasil mostrou que a riqueza natural do Brasil é o maior orgulho de 58% dos brasileiros. A mesma pesquisa mostrou que 80% considera que a natureza não está protegida.

De acordo com Angela Kuczach, diretora-executiva da Rede Pró UC, este é um projeto de longo prazo. “Nosso objetivo é criar uma cultura de reconhecimento e valorização das Unidades de Conservação pela população brasileira. Então, assim como temos dias de conscientização e celebração, queremos estabelecer uma data para incentivar a visitação às Unidades de Conservação no Brasil”, diz ela.

As atividades oferecidas pelas Unidades de Conservação estão disponíveis no site da Coalizão Pró-Unidades de Conservação: www.unidoscuidamos.com/umdianoparque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top